Mega-resenha: Yuri on Ice

21/12/2016 || || ||
Oi gente bonita! Venho avisar que não vai ter especial de natal porque sou gótica -what?- Então FELIZ NATAL PRA VOCÊS, SEUS LINDOS, AMO TODO MUNDO AQUI NESSA PORRA AAAAAA!! -meu presente de Natal foi terminar YOI-. Finalmente eu tenho a honra de resenhar Yuri on Ice! Está prestes a sair o último episódio e preciso correr pra fazer essa resenha o mais rápido possível, estou pirando com isso! Eu ia fazer ela quando eu terminasse o último episódio, mas não consigo resistir de tanta ansiedade! Houve boatos que eu ainda estava na pior vai rolar segunda temporada, eu prefiro não acreditar, não quero frustrar meu coraçãozinho esperançoso. 

Sinopse
A história foca em Yuuri, um "fracassado" no mundo esportista, mas que ama patinar. Derrotado depois do último Grand Prix, voltou pra casa e começa a achar que deveria desistir de competir, num momento bad, ele foi patinar perto da sua casa numa pista de gelo que tem por lá e elaborou com perfeição uma coreografia de seu ídolo, Viktor Nikiforov (tema do lay). O que Yuuri não esperava era que sua imitação fosse gravada e viralizasse na internet, o próprio Viktor viu a coreografia e decidiu largar a patinação pra ser treinador dele no Japão. PORÉM, Viktor tinha uns assuntos inacabados com Yuri Plisetsky e este segue Viktor até o Japão, querendo resolver isso. 

Costumo me alongar nessa parte da resenha por causa dos personagens, mas dessa vez eu não vou falar deles porque SÃO MUITOS! Sério, são muitos mesmo, são mais de vinte personagens e nem todos são principais, eles têm a sua importância -e põe importância nisso- de acordo com o episódio e por isso considero todos igualmente, como se todos fossem principais de alguma maneira. Nos é mostrado todo o sentimento de determinado patinador quando ele tá no gelo, as motivações dele, porque ele está competindo e tudo mais. A hora da patinação costuma ser a hora que a gente simpatiza ou não com o personagem porque cada um pensa na motivação deles, porque eles precisam ganhar ou porque eles estão ali competindo, é incrível <3 É muito fácil se envolver com a atmosfera de Yuri on Ice.

Trilhas sonoras e OSTs
Como esse é um anime de patinação, eu decidi colocar um tópico só sobre isso ao em vez de fazer o que sempre faço e tratar disse superficialmente, as músicas dos personagens são de extrema importância, mas vamos já chegar lá, vamos falar da abertura primeiro:

Abertura divosa e bafônica com uma arte conceitual maravilhosa, música muito envolvente que até arrepiei na primeira vez que escutei, ela é profunda e desperta uma vontade de patinar no gelo. Apesar da arte da abertura ser um pouco minimalista e com poucos acontecimentos, ela conseguiu me hipnotizar, se tornou impossível não prestar atenção nela, os passos feitos são tão graciosos que por um momento me senti o Yuri vendo o Viktor patinar. Ela tem algo peculiar, em todos os episódios ela muda alguma coisinha, quando você vai comparar o último episódio com o primeiro, nossa... É realmente diferente a abertura, quando mais se aproxima do fim, mais a abertura se torna bafônica e colorida.

Quando vão patinar, os atletas dançam no som de uma música diferente. Tenho que dizer que cada música combina perfeitamente com a personalidade dos personagens. O "theme of King JJ"... Sim, a música tem o nome dele direto! Que egocêntrico! Aquela música do JJ é incrível e fez muita gente chorar no episódio 11, você sabem do que tô falando, certo? Não estou exagerando, se você for no Youtube agora nessa música e ver os comentários (tentar não morrer com os spoilers), vai ver como o JJ e sua música criaram uma situação emocionante, o cara passou do personagem mais odiado para o mais amado em um piscar de olhos! Sempre gostei em parte da personalidade arrogante do JJ, mas fiz questão de aprender essa música só pra assistir o episódio 11 mais uma vez e cantar com a galera canadense. A música casou com a beleza da cena de um jeito único, além de combinar muito com a personalidade dele.

Assim como a do JJ, todas as músicas parecem ser pensadas de acordo com as cenas que virão e se unem com a personalidade da galera. Com exceção de duas, que na verdade é a mesma música, apenas é uma versão "Ágape" e outra "Eros", elas não casam nem um pouco com a personalidade dos "Yuris", mas elas são fundamentais para entender mais ou menos como ambos os personagens se desenvolveram ao longo da história. A música não descreveu a personalidade deles e sim o jeito como eles cresceram no anime, a serenidade e elegância do Ágape, a confiança e segurança do Eros. Enfim... Acho que vou começar a soltar spoiler se falar mais dessas duas músicas.

Sobre Intoxicated do Chris... Na verdade, sobre o Chris, vulgo homem com a melhor bunda... Ele é um personagem que cativou todo mundo, isso porque ele é um cara bem... Ousado, confiante e sexy... Põe ênfase nesse "sexy", não estou dizendo que ele é bonito -embora ela tenha um bom charme-, estou dizendo que ele é sexy mesmo. Ele tem uma musculatura muito bem desenvolvida, um bundão, pernas grossas... Tudo no Chris é grande ( ͡° ͜ʖ ͡°). Ele causa um ÓTIMO alívio cômico no anime, é super humilde e gentil, a música dele seduz até homem, cabe muito bem na personalidade sexy dele.

Parte artística + Curta polêmica da animação 
A arte geral do anime me agradou bastante porque quem a fez não caiu na besteira de "tornar fofo" os personagens afinando ainda mais o traço do artista ou aumentando os olhos -foi o que aconteceu em Love Stage e Kuroshitsuji-. O traço não é tão fino e delicado como nos animes atuais, por isso é muito mais fácil achar os personagens fofos, não pela "estética de fofo" que particularmente acho ridícula, mas sim pelas ações de cada personagem. Ah! Uma coisa que eu queria ressaltar e que acho a coisa mais linda level "OMG SO CUUUUUTE" é o nariz "corado" dos personagens, se você reparar em algumas cenas há uns tracinhos rosa um pouquinho acima da ponta do nariz dos personagens -principalmente do Yuri, acho que ele é o mais fofo- e isso dá um ar de inocência tão grande que é muito mais efetiva do que os traços exageradamente finos e redondos de alguns artistas. 

Outra coisa: O corpo dos personagens não é copiado e colado, é muito comum na atualidade os personagens -principalmente homens- terem a mesma estrutura do corpo, isso acontece com muuuita frequência, geralmente fazem uma estrutura magra e uma forte/musculosa e essa é a base pra todos os personagens. O que notei em Yuri on Ice é que o corpo dos personagens é diferente de cada um, isso pode-se notar já nos protagonistas. O Yuri tem um corpo um pouco mais baixo, acima do peso -no início do anime-, depois ele fica mais forte, mas não tem músculos a mostra. O Viktor já é mais alto, gostoso, delícia, sexy bagarai -quem disse que era uma resenha 100% séria?-. O Yurio é alto e muito magro, também não tem músculos a mostra... Enfim...

"Mas Hari, normal focar nos protagonistas, o resto dele ser tudo igual" Aí que você se engana, temos personagens de tudo quanto é jeito, altos, baixos, gostosões, não gostosões, magros... Até citei o Chris como exemplo de gostosão... Whatever... "Mas Hari, não tem nenhum personagem gordo" tem certeza? A mãe o Yuri é um exemplo. "Ela não patina e nem faz aparições importante" o que você queria? O anime é sobre patinação no gelo, as pessoas mais importantes do anime patinam, você acha mesmo que é possível participar de uma competição dessas sendo, no mínimo, acima do peso? Não dá, o patinador não pode ser acima do peso e nem abaixo do peso, lembra quando o Yuri teve que perder peso nos primeiros episódios porque o Viktor não deixava ele subir na pista de patinação? Se ele não conseguisse perder peso, não dava pra ele participar das competições como um atleta.

Uma coisa que também gostei muito e que trata muito bem a diversidade é a própria cor dos personagens, eles não são da mesma cor como a gente é acostumado, temos o Phichit que é mais escuro que o resto do povo, o Chris e o JJ são mais claro e assim por diante até chegar no Yurio e no Viktor -que por serem russos, julgo que eles são os mais brancos-. E posso dizer que é um tanto difícil fazer isso num esporte como patinação no gelo, pois os países que patinam são os países da zona temperada do globo terreste, ou seja... São brancos, na sua maioria.

MAAAAS nem tudo são flores, Yuri on Ice teve uma preview de arrepiar com uma animação e uma arte acima da média, isso deixou os fãs com a expectativa lá em cima. O primeiro episódio tem uma animação fantástica e muito acima da média, mas depois ela foi se normalizando, não que ela tenha ficado ruim, sabe? Aposto que se a expectativa não tivesse lá em cima, nem perceberíamos isso. Porém os fãs adoram criticar o que não deveriam, não há uma falha enorme na animação como dizem. Claro que vai ter uns bugs aqui ou ali, mas o que vocês esperavam? Uma animação 100% do início ao fim? Sabem o quanto é difícil animar uma FUCKING COREOGRAFIA DE PATINAÇÃO? Todos aqueles giros e saltos são delicados de animar e o prazo é curto, o anime tem que sair no prazo de qualquer outro anime simples de animar.

Fico me perguntando se essas pessoas que criticam esses bugs fazem ideia do que estão dizendo... YOI só tem memes tão bons por causa desses bugs! Já pararam pra pensar nisso? Você usa os memes que são frutos dos bugs que você critica. Maaas se continua com raiva disso, por que não compra o blu-ray? No blu-ray é 100% perfeito, já que eles têm tempo pra fazer o blu-ray! "Ah, Hari, não vou comprar o blu-ray porque é isso que eles querem" ué... Pera, você critica a animação mesmo sabendo que ela não é perfeita justamente pra você comprar o blu-ray? Então você já sabe o motivo dela não ser perfeita! É marketing pra comprar o blu-ray! Por que diabos discute?

Minha Opinião geral
Foi muito divertido acompanhar esse anime, não só por causa de todas as emoções -que vou citar mais pra frente-, mas porque o fandom é um dos poucos que são muito legais, podem ser meio exagerados com tudo -amor, ódio, emoção, exageram em tudo-. É com um enorme prazer que eu participo do fandom, pessoas com quem dividi risos e surtos etenos, criamos teorias juntos, cantamos as músicas... Realmente sentirei falta de fazer teorias sobre o que vai acontecer nos episódios e tenho o maior orgulho de ter acertado muitas e errado outras várias...

Falando em teorias, o anime é cheio de "brechas propositais" e deixa coisas implícitas, é por isso que é tão bom fazer teorias. NADA em Yuri on Ice acontece por acaso, nada mesmo, nem os detalhes da abertura são por acaso se você pensar um pouco, Certos detalhes teriam passados despercebidos se eu não tivesse acompanhado o anime, eu tinha uma semana pra pensar, então eu percebia algumas coisas que acho que vocês provavelmente não vão perceber se fossem assistir, por isso tenho um conselho: Aproveitem cada episódio desse anime como se fosse o último da vida de vocês, não deixem escapar frases ou cenários lindos.

O ponto mais forte desse anime são os personagens. Ele são muito humanos! Eu não consigo odiar ninguém dali, simplesmente não dá! Todos eles, sem exceção, são cheios de defeitos e eles não são escondidos da galera que assiste, por vezes são escancarados até demais -como é o caso do JJ-. Por exemplo, o Yuri é muito inseguro, nervoso e ansioso -tão ansioso e inseguro que não duvidaria se dissessem que ele sofre de ansiedade, muita gente do fandom levantou essa teoria e não sei dizer se a autora confirmou-. Geralmente antes ou depois dele se apresentar, vem a ansiedade, a apreensão, a dúvida... Toda a emoção que ele sente AO MESMO TEMPO é muito humano. Bom... Nós também tempo isso de sentir muitas coisas ao mesmo tempo e esse tipo de sentimento mesclado não é tão bem adaptado como foi em Yuri on Ice. Durante as apresentações, a cabeça do Yuri costuma ser ainda pior, mescla todos esses sentimentos com mais o amor e inspiração dele sobre patinar... É algo que você só percebe assistindo, é difícil explicar.

Mais um exemplo dessa "humanidade": Na primeira parte da final do Grand Prix (calma, não tem spoiler aqui) teve um personagem que ficou em primeiro lugar com muita folga e um outro se saiu muito mal, foi simplesmente a pior apresentação da carreira dele. A "vitória" do primeiro subiu a cabeça dele e ele começou a soltar algumas tiradas pesadas e arrogantes para os amigos. Assim como outro foi muito mal pelo simples fato de estar nervoso. SIM! Ele apenas foi mal porque estava pensando demais. Gente, isso é muito humano! É normal o nervosismo pegar as pessoas em situações importantes e nos damos mal por isso. Também é comum vermos pessoas que começam a destratar pessoas depois de uma vitória esmagadora. E Yuri on Ice não teve vergonha de mostrar isso como a maioria, YOI humanizou os personagens e assim parece que estamos vendo pessoas de verdade lidando com situações difíceis e tensas...

Um último exemplo disso ainda falando da final (e sem spoilers): Percebam no fim de todas as apresentações da final. TODOS os personagens ficaram, no mínimo com uma expressão tensa ou de alívio. Imaginem o peso de uma boa apresentação sendo tirado de você. É tipo um "ufa, minha apresentação já passou, acalme-se" ou um "droga! Não fui tão bem, deveria ter feito melhor". A cena acima é de uma final -peguei uma imagem do protagonista porque ele foi o mais expressivo quanto a isso e porque eu não queria revelar quem vai pra final-, notem o desespero de quem podia ter feito melhor, imaginem vocês numa situação parecida, é uma final mundial super importante... Então? A reação de vocês seria parecida, certo? É disso que tô falando! YOI demonstra o lado mais humano que você possa imaginar.

YOI não é um yaoi/shounen-ai, apenas um anime "qualquer" de esporte que tem um casal como um qualquer que, por coincidência, é gay. Apenas. O anime trata a relação Viktuuri de maneira normal, como deve ser tratada. O jeito como o casal flui me lembra No.6, é algo que parece muito real também, os sentimentos que eles têm um pelo outro não é "exposto", ninguém -nem mesmo quem assiste- precisa saber o quanto eles são importantes um para o outro, apenas eles mesmos, o sentimento deles não é algo para ser visto e sim sentido. É algo normal, não possui aquela ardência dos casais apaixonados e não possui a "rotina" dos casais que se conhecem há tempos.

YOI não é queerbaiting! "A Hari pirou, onde tem fanservice, tem queerbaiting..." Pra você que não sabe o que significa essa palavra, basicamente é como um "ato de adicionar coisas gays à obra, sem os personagens serem gays" apenas para atrair o público que curte coisas LGBT+. A maioria dos animes de esporte têm isso, tipo... "Olha só como os personagens são gays, se abraçando desse jeito... AAAAHH!! Como eles estão perto!" sem os personagens serem gays, sacou? "Ué... Mas isso não é fanservice yaoi?" Sim e não, o fanservice é algo feito apenas para agradar os fãs que já existem e não necessariamente é yaoi, queerbaiting é algo feito para ATRAIR o público -e não necessariamente é yaoi, pode ser yuri ou qualquer outra coisa que atraia o público LGBT+.

"Mas por que YOI não tem queerbaiting? Você acabou de falar de Viktuuri" Simples! Queerbaiting é uma insinuação que não existe! Os personagens não são gays de verdade, EM YOI O SHIPP É REAL! Não só o shipp principal, os outros shipps são reais implicitamente. Aquilo que falei, gente, não deixem escapar nenhum detalhe! NENHUM! Yuri on Ice é realmente muito sutil e é muito fácil deixar passar alguma coisa, mas a própria autora confirmou muita coisa sobre os shipps e tudo mais, então sejam felizes, é tudo real, É TUDO REAL, NENHUM É DÓLAR <3 Por isso, YOI tem fanservice -e muito, principalmente do Chris e do Viktor, ah, Chris <3-, mas não tem queerbaiting.

Obrigada a todos que leram até aqui, o post ficou muito grande realmente, mas eu queria abordar muitos tópidos. Não comentei absolutamente nenhum spoiler, eu imaginei que esse post ia ser todo tarjado e recordado, mas eu não tive que censurar spoilers! Acho que essa é primeira resenha que faço 0% spoilers <3 Agora vocês deveriam valorizar o trabalho da tia e assistir esse anime, que tal?

6 comentários:

  1. HARI-CHAN!
    MELDELS! MENINA DU CÉU!
    ACABEI DE VOLTAR DA MINHA POSTAGEM SOBRE QUÊ?? YURI ON ICE!!!!
    CARACA MANOW! Vou desabafar geral aqui \o/ kkkkkk
    HARI-CHAN! Não me venha falar que isso não é uma queerbaiting @_@ Juras? MELDELS! Esse anime me buga cada vez mais em gênero #fato. Estava esperando você me dizer que realmente sabudega é um futuro Yaoi haha. Mas finalmente descobri o que é esse gênero. O que deixa também o anime muito, mas muito mais emocionante de ser visto, porque sabemos que se realmente o anime fosse considerado um yaoi canônico, seria algo bem massante (pois ia ficar naquela de "romancezinho pra cá, romancezinho pra lá"...). Mas uma coisa lhe digo: AQUELE BEIJO FORA REAL! :D
    Huashjfnhsajfhnusanfgajsflnas você não sabe o quão eu surtei aqui depois que eu fui pesquisar pra saber se realmente aquela cena rolou. E os criadores realmente falaram que sim! /o/

    Mas também vou destacar o Chris aqui :D Ô bumbum, hein?? kkkkkk Realmente aquele suíço tem talentos sobrenaturais (melhor apresentação ever "Acho que vou gozar... Ah~" uahsuhdsaudhf)

    Mas o que me bugou fora na frase: "apenas um anime "qualquer" de esporte que tem um casal como um qualquer que, por coincidência, é gay". Tipo...... o anime é de esporte mas o Yuri K. e o Viktor são gays? .-. É isso? (sério... esse anime me buga no gênero kkkkk). Mas vamos deixar então o que a autora falou, não? xD

    Eu realmente estava demorando pra ver YOI, mas depois acabei por vê-lo de curiosidade mesmo (depois dos seus posts surtantes sobre ele xD). E GENTE! ME arrependi até a última gota de sangue por não ter visto antes. Agora eu choro por ter terminado ;-;
    Você por acaso tem alguma informação à mais sobre a 2ª temp? Eu acabei por fazer grandes pesquisas mas não achei nada. Daí a fandom falaram que pode ser lançada em 2018 (ou no final de 2017) se tiver um bom público e blá blá blá... ;-; (eu necessito de segunda temporada <3)
    Amei o post <3 <3 <3
    Chu~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É O DESTINO PREGANDO PEÇAS AAAAHH!! EU SABIA QUE VOCÊ IA AMAR YURI ON ICE! Eu adoro o fato de YOI não ser um yaoi por causa disso, não é focado num yaoi massante onde tem um romancezinho óbvio,. NÃO! YOI é realista demais nesse aspecto, é muito mais fácil shippar Viktuuri do que shippar dois personagens de anime yaoi quaisquer. Viktuuri possui um clima interessante que amo! O BEIJO É CANNON POARR!! Sim, até disponibilizaram a versão sem sem censurada, a Kubo é um amorzinho <3

      O CRHIS MERECE SER DESTACADO! Aquela bunda deliciosa merece tudo de bom! Embora o "vou gozar" seja um elemento pra causa comédia, isso destaca o quanto o Chris realmente AMA patinar. Falando em amor, você viu o boy dele? Muitas teorias a respeito daquele boy, vamos esperar a segunda temporada.

      Eu nunca disse que Viktor ou Yuuri são gays, eles podem ser bi, poli, pan... Mas o casal em si é gay, pois são dois homens -embora eu prefira acreditar que o Viktor não é cis-. O CASAL É REAL PORRAAAAA!! ELES SE CASARAM E TUDO!

      Eu fico muito feliz que eu tenha finalmente te convencido a ver essa delícia, e mais feliz ainda em saber que você gostou!Isso é muito bom, sabia? SE ARREPENDA MESMO! CHORE MESMO PORQUE EU JÁ TÔ MORRENDO, NÃO SEI SE AGUENTO ATÉ A ÚLTIMA TEMPORADA! Sim, inclusive essa teoria é minha também, ai ai... Amo fazer teorias pras pessoas repassarem <3 credito que vai ser bem por aí mesmo, mais ou menos o mesmo tempo de Free. E teve um bom público, então eu tenho certeza que vai ter segunda temporada, principalmente depois do que aconteceu nesse último epi!

      Excluir
  2. Oieee, Hari!!

    Ai céus, faz tempo que não comento aqui, mas eu li todos os últimos posts e os surtinhos com YOI HAUHAUHA
    Falando nisso, esse novo lay está muuuuito divino! É claro, com o Viktor como protagonista do lay, só podia sair uma coisa maravilhosa, né? Mas a questão é que amei as cores, amei esse fundo com floquinnhos de neve, amei tudo!
    E antes de mais nada, feliz nataaaal! \O/

    Agora sim, vamos falar dessa divosidade que é Yuri on Ice! Eu me apaixonei por esse anime desde o primeiro episódio, desde a abertura. A trilha sonora é maravilhosa, não só as músicas das apresentações, como a abertura, o encerramento, tudo! Eu adoro o fato de a abertura ir evoluindo conforme os episódios passam, refletindo a história do anime e os personagens. Eu realmente viciei nessa abertura. <3

    O tema do JJ, não tem como não cantar junto! Aquilo fica muito na cabeça, nossa! E combina demais com ele ~ aliás, eu não gostava muito dele, mas é como você disse, depois do episódio 11, não tinha como não amá-lo hahahauah

    Ágape e Eros são lindas, mas a que eu mais gosto de ver nas patinações é a própria Yuri on Ice. Essa música é maravilhosa, dá tanta emoção! ;u;

    E sobre o Chris... HAUHAUHAUHA Só tenho uma expressão: CLOSE NA BUNDA. QUE BUNDA DESSE HOMEM, NÃO É MESMO? Eu adoro a pose dele no final das apresentações HAUSHUAHS XD

    Eu também amei a parte artística, não só por essa questão do traço "menos fofo" que você comentou, como também a paleta de cores do anime, achei fantástica e ajuda muito a contar a história. Você assistiu o último episódio já? Viu aquela explicação sobre as cores naquela última cena de patinação (que coisa maravilhosa meu deus do céu quase morri do coração)? *-*

    E verdade, adoro o fato de terem feito corpos e etnias diferentes, torna tudo mais realista e ajuda a dar mais emoção, já que o anime foca em cada um dos personagens.

    Eu nem me incomodei com a animação, na moral, achei tudo muito lindo e maravilhoso, até porque eu trabalho com animação e sei o trabalho do CAPETA que é animar isso. D; E sim, dá MUITA vontade de comprar o Blu-ray, só queria isso de presente <3

    Sobre o fandom, não participei muito não, mas eu sei que a galera criava altas teorias e fazia altos memes ahuahauhauhau Enfim, acho que o que eu mais gostei nesse anime foi, fora o realismo, o fato de a história ser tão bem elaborada que nada é por acaso, e algumas coisas são tão sutis que eu tenho certeza que precisarei assistir de novo para pegar todos os detalhes. <3

    E, por fim, uma coisa que YOI é um exemplo a ser seguido, o que eu acho que deveria existir MUITO MAIS no mundo dos animes: casais homossexuais que sejam tratados de forma "normal", sem estarem inseridos num anime classificado como yaoi ou shonen ai. Eu acho que deveria ter muito mais disso, poxa. ;_;

    E O SHIPP É REAAAAAAL MWAHAUHAUAHUAHAUHA É REAL, É CANON, VENIMIM VIKTUURII <333333

    Enfim, adorei essa resenha, adorei surtar mais um pouquinho com YOI, afinal acabei de assistir o último episódio e eu to como? Exatamente, falecida.

    Beijos! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. FELIZ NATAL ATRASADO! Claro, com o Viktor só podia dar coisa boa! As cores eu peguei do próprio anime mesmo, esse rosa/lilás é da roupa do Viktor.

      Somos duas, eu me apaixonei pelo anime desde o primeiro episódio -eu fiquei acompanhando desde o início do anime, foi incrível acompanhar o crescimento do fandom-.

      Eu sempre gostei do JJ por causa do fator comédia que ele dava em algumas cenas e por causa da tensão que ele dava aos personagens -especialmente o Yuuri- e eu acho que a música dele contagia, é como se a gente se tornasse um pouco mais o JJ quando canta essa música, sabe? Não sei você, mas quando eu canto essa música, eu me sinto muito mais confiante, acho que é o JJ passando um pouco da segurança dele para os fãs -q

      Yuri on Ice eu só gosto de ver nas patinações, quando eu ouço ela sozinha eu não sinto muita coisa, mas nas patinações... Quando o Yuuri patina ao som de Yuri on Ice, sempre parece que ele vai desabar, explodir, morrer de chorar, isso me envolve muito na cena... Sem falar que ele termina a dança apontando pro Viktor, é tão fofo <3

      Eu acho que vou juntar pra comprar o blu ray, quero muito saber como vão ficar as cenas não censuradas, sem falar que eu quero ver essa animação linda! O estúdio é muito iniciante e é por isso que eles não souberam lidar com a animação no prazo, sabe? Perfeitamente aceitável, não sei pra quê esse mimimi.

      Sim, os memes e teorias passaram a ser ícones do fandom de YOI, você não tem noção! O anime já acabou e ainda rolam teorias por lá sobre o que vai acontecer na segunda temporada e essas coisas, compartilhamos headcannon e pensamentos, é uma delícia <3 Eu assisti muitas vezes algum episódio pra formar uma teoria ou duas, as coisas de YOI são muito sutis. Mas teve uma coisa que não foi nada sutil e me deixou com uma pulga atrás da orelha, qual é a da pessoa que fez a música Yuri on Ice pra Yuuri? Acho que ela vai ser mostrada na próxima temporada como antigo amor de Yuuri ou uma pessoa que gostava dele, sei lá...

      Eu também concordo com você, eu só conheço quatro animes desse tipo: YOI, No.6, Evagelion e Sailor Moon. Os quatro tem uma história muito maior que o simples romance e não estão classificados como Yaoi ou Yuri e seus derivados, eu simplesmente adoro... É bem tenso saber que existem muitos casais héteros que são tratados como normal enquanto os casais LGBT+ são tratados como diferentes, precisando ter uma categoria só pra eles... Enfim...

      O SHIPP É REAL POARR!! É CANNON!

      EU TAMBÉM TÔ MORTA, ESPERANDO E SURTANDO PELA SEGUNDA TEMPORADA!

      Excluir
  3. Feliz natal :3
    Passo correndo aqui pra te avisar que tem presentinho pra ti no CT o/
    https://cute-universe.blogspot.com.br/2016/12/ct-christmas-awards-2016-layout-free.html?m=1#comment-form

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já passei lá e já coloquei seu presente no meu heart <3

      Excluir

Vai comentar? Leia as regrinhas:

~ Pode abusar dos palavrões o quanto quiserem, mas ofensas serão excluídas. Caso queiram criticar, críticas construtivas por favor;
~ "Seguindo, segue de volta?" Sim, mas fale um pouco do post também;
~ Pedidos? Fiquem a vontade;
~ Lemos a todos os comentários e sempre os respondemos;
~ No fim do comentário deixe o link de seu blog, se gostarmos, seguimos com prazer .

Pode comentar agora!